Mutualidade

135451

 

 

Eu ainda acredito em mistérios que se encontram. Em silêncios que se escolhem. Numa magia que acontece quando a gente abre a boca e, quando fala, encontra morada no ouvido do outro. E quando o outro fala, canta ao nosso coração. Tenho cada vez mais certeza que o amor nasce das palavras. Da mutualidade de sentir igual.

Anúncios
Artigo anterior
Artigo seguinte
Deixe um comentário

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

%d bloggers like this: