Cantar paixões

aaaaaaaa

 

As vezes encaro uma folha em branco. Pra mim é como se ela gritasse possibilidades. Tenho uma mão nervosa. Preciso escrever. Completar-se, as vezes é questão de esvaziar as ideias. Então, vez ou outra, deixo de ser quem sou e transformo letras em sonhos, saudades. Cada frase abraça um pedaço do meu coração. Um texto, embora mudo, canta paixões. Não há nada mais saboroso do que re-ler sentimentos, do que deliciar a alma com tanta transparência. Plenitude é sentir que as coisas lá fora cooperam para paz aqui de dentro. Sem grandes esforços. A vida passa a fluir.

Anúncios
Artigo anterior
Artigo seguinte
Deixe um comentário

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

%d bloggers like this: