um pouco mais de paciência

1234368_652198238124386_1352793159_n

Realmente paciência nunca foi meu dom. Engolir as emoções, esperar para brigar amanhã, esperar a poeira baixar. Há quem chame isso de falta de equilíbrio emocional, pode até ser, vai saber.  Não nasci pra levar a vida com a barriga e “dar um tempo” para ver o que acontece. Eu quebro as regras, enfio os pés pelas mãos, grito, choro, digo o que sinto, o que vivo, ralo o peito no concreto. Mas não vivo de “agoras” com amor a conta gotas. 

“Amor pequeno é covardia.” Carpinejar

Preciso de um pouco mais de paciência, para ver a flor brotar no barro. Estou preparando a casa, abrindo as janelas, mas ainda não sei o que fazer com os silêncios que ficaram mais longos que de costume.

Anúncios
Artigo anterior
Deixe um comentário

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

%d bloggers like this: