Abraçando a coragem

Sem_t_C3_ADtulo_large

“Coloquei aquele ‘Eu amo você’ no espelho. É para mim mesmo.” Caio Fernando Abreu

E em algum momento, de repente, aquele estalo bate na sua cabeça: “ei, você esta indo longe demais, vamos parar por aqui?” Não foi bem assim, mas entendi o valor que possuo e que não posso mais fingir que não sei disso. Eu estou aqui, inteira mais uma vez. Já estive aos pedaços, com medo, mas percebi que estes sentimentos não trazem felicidade nem segurança a minha pessoa. Percebi que mostrar fraqueza só me torna mais fraca, que chorar não vai me trazer ninguém de volta, que lamentar não me fará apagar meus erros. E por saber quem sou, o meu valor e por querer ser feliz admiti tudo isso, olhei pros meus erros e disse “reconheço cada um de vocês, mas não posso mais me punir por isso, estou indo em frente”, e abracei minha coragem, porque o medo eu joguei pela janela.

E essa coisa toda de se encontrar de estar bem tem mais a ver com olhar para dentro do que para fora. Tem mais a ver com serenidade e amadurecimento. Com o saber que as coisas são como são e pesar demais só nos faz mais chatos. Tem a ver com a confiança em Deus, em saber que nada escapa dos seus olhos e que ele não desempara um filho seu. Tem a ver com amor, e muito amor, próprio.

Anúncios

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s