erradas escolhas certas

weheartit.com

Eu queria  ser advogada, acabei me tornando engenheira, queria ir no pscicólogo, acabei escrevendo num blog. Terminei me encontrando de maneiras que eu não esperava, e me perdendo de maneiras já conhecidas. Eu errei por colocar amor demais em tudo, e acertei por, mesmo que tarde, escutar meu coração. Eu escrevi errado na vida certinha dos outros, e ralei meu coração por querer caber em situações que não me perteciam. Eu quis encontrar a minha história, por isso me perdi na dos outros. Agora entendo que não foi por escolher o amor que errei, foi a ansiedade que eu trouxe em querer acertar, ter algo, ser algo, pertecer a alguém. Não fui fiel as minha convicções, desviei o caminho. E cá pra nós não tem atalho pra felicidade, pra vida. Não existe tempo certo, idade prevista. Existe de uma forma óbvia (e mágica, porque não?) a vida da gente, o momento certo da gente. As flores não desabrocham todas no mesmo dia, são longos 03 meses de muitos “desabrochar”. Uns nos primeiros dias, outros só ficam “prontos” perto do verão, quando o sol chama e aquece aquele brotinho preguiçoso. Talvez, muitos de nós desabrochem no momento certo e enfeitem corações no início da primavera, outros (assim como eu) precisam aquecer o brotinho preguiçoso. Não existe regra, não existe o certo. A vida surpreende.

Anúncios

1 thought on “erradas escolhas certas”

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s