meu encontro

Então hoje eu entendi que preciso olhar mais pra dentro de mim, e saber o que quero realmente das coisas e pessoas que cruzam meu caminho. Viver de uma sequência de acontecimentos, coincidências ou do destino não é algo assim tão confortante. Vamos esperar sempre que um deles nos diga qual a direção certa? Para onde devemos ir? Ou viver eternamente achando que vamos tropeçar na felicidade no meio da rua, sem se quer ter o trabalho de pensar no que nos faz feliz, no que realmente nos faz feliz. Acho que me perguntar “pra onde eu quero ir?” “com quem quero estar” são perguntas que ainda tenho que responder a mim mesma. Não posso achar que arrumar um namorado e ser amada eternamente é a saida de todos os meus problemas. Isso é bom, amar, ser amada, mas estar e ser feliz não pode se resumir nisso.

Acho aquela teoria de quem planta colhe interessante, a das borboletas no jardim também e percebi que a maioria das relações erradas que eu mesma atrai para a minha vida foi por ou tê-las começado de uma maneira errada, ou por conduzí-las desta forma. Eu sei e entendo que muitas vezes o fiz querendo ser livre, inconsequente ou achando “vai que da certo”. Mas não deu. Não tem dado. E é por isso que preciso de uma pausa. Que preciso, como diria Marla de Queiroz, “desabitar os habitos”, olhar pra dentro, enchergar minhas verdades, abraçar a solidão, bastar-me. É tempo de travesia.

Anúncios
Artigo anterior
Artigo seguinte
Deixe um comentário

1 Comentário

  1. Mel Batista

     /  4 de Junho de 2012

    curti.

    Responder

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

%d bloggers like this: