ser feliz é simples

Acho que pulei essa etapa de depender de algo ou alguém para ser feliz. Estou tão preenchida do agora, das coisas que acontecem, e que cá entre nós, não precisam ser mágicas, precisam ser reais, paupáveis, precisam existir apenas. Desde o dia que dedici esperar mais de mim e não dos outros, que decidi que seria inteira sozinha, tenho tido menos decepções. Porque agora não tenho expectativas sobre outras pessoas, é através de mim que me realizo ,é o trabalho que planto que faz com que eu colha satisfação, independência, auto-estima, é a maneira que decidi viver que me preenche. É cruel esperar felicidade dos outros, eles apenas vem para divir a nossa felicidade, a felicidade deles. São a cereja em cima do bolo. Hoje eu sou mais feliz porque não tento aprisionar pessoas e sentimentos. Meu coração sabe que quem tem que ficar, fica. Meu coração sabe que escolhas erradas trazem sofrimento, que insistir demais em alguém que demora a saber o que quer não é persistência, é burrice. Você não tem que insitir em ninguém, quando alguém quer você, quer você, as coisas fluem naturalmente. Tudo que vem com explicação demais não é autêntico.  Não existe metade que possa magicamente transformar nossos dias escuros e tristes em ensolarados e felizes. Porque muitas vezes essas “metades” estão partidas em pedacinhos, e estão procurando o caminho para própria felicidade antes de fazer parte da felicidade de alguém.  Alguém para doar um pouco de si tem que estar inteiro, e de alguma maneira a resposta para o amor está dentro da gente. Não depende das pessoas. Cansei de me sabotar, de gostar de quem não gosta de mim, de entender quem está aos pedaços. Decidi que ser feliz é simples e que muito do que espero dos outros posso encontrar em mim.

Anúncios

a saudade me fazendo companhia

Parei um pouco pra respirar nesses dias. E entre um dia e outro sinto saudades e essa saudade as vezes tem nome e um rosto. Mas no momento seguinte meu lado racional me questiona: “saudade de que?” porque não vivemos nada, não dissemos nada, não fizemos nada diferente. E penso que as vezes é só a solidão que mora em mim, que se cansou dessa casa e de me fazer companhia, pedindo pra ir embora. Estou me sentindo leve e “bem resolvida” como dizem por ai, não tenho assuntos mal resolvidos, não mais. E me faço a companhia mais linda de todas, me entendo e me aceito. Não tenho mais tanta pressa, não tenho mais tanto medo. Aprendi a confiar que tudo chega no momento certo. Deus só nos dá o que qeremos no momento certo. E aprendi a esperar, aprendi a me distrair. Mesmo que o amor me faça falta as vezes e entre outras tantas seu rosto faça meu coração bater mais rápido entendi que não posso fazer birra, nem espernear por não ter o que um dia quis. Hoje sei caber-me no momento presente, e aceitar o que recebo da vida como dadiva, não com tristeza,  da mesma forma, aceito o que ela me tira e o que por ventura não me dá.

oração

Então Senhor, decido olhar pra Ti, decido que é estar ao Teu lado que quero, mesmo que eu ainda traga na pele, na cabeça e nos hábitos todos os meus pecados que insistem em me afastar de Ti. E ao acordar Te procuro sem cessar, peço uma, duas, três vezes: me trasforma, não deixe que eu termine o dia como começei, não deixa que mais uma vez eu me afaste e me perca. E da mesma forma que Teu amor se renova toda manhã, todas as minhas fraquezas. E admito que não posso andar nessa estrada só, porque meus pés se cansam, meu coração endurece. Talvez eu esteja aqui orando por escrito, pedindo: “não me abandones, nem permitas que eu me abandone mais uma vez”.