sobre as coisas que são para ser

Acredito na levesa das coisas que tem que ser, por isso, a ansiedade que já consumiu meu peito um dia, agora dorme profundamente. Porque de tão simples, as vezes sou muito direta e o amor gosta de arrudeios, já percebi. Então não agarro as pessoas para que elas fiquem, deixo-as livres para voltarem, se quiserem. Mas lembro que meu coração não é um albergue que entra quem quer, na hora que quer. Quem vai, corre o risco de quando voltar, além da ausência, não existir mais nada.
A vida tem um jeito lindo de sarar as feridas e cicatrizar corações. Acho que mais do que isso, a vida tem um jeito lindo de mostrar que Deus está sempre escrevendo certo, por linhas certas. Ele não erra. Hoje acredito que estou sempre no lugar certo, na hora certa, não existe “e se eu”, não tento mais encontrar ninguém na multidão, não vou contra a correnteza, pelo contrário, relaxo. E descobri que de uma maneira mágica a vida me leva sempre para onde eu deveria estar, quando estou em sintonia comigo mesma e com as pessoas ao meu redor. Eu não posso mais lutar contra o destino, contra a vida, contra Deus. E admito, estou a mercê do tempo, porque agora ele é meu melhor amigo.
Anúncios

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s