Aprendi a sorri pra vida

E a vida tem sorrido pra mim nesses dias, retribuo sempre com toda felicidade, com toda paixão que sinto por viver. Retribuo sempre sorrindo pra ela também, olhando com mais doçura o que ela me permite viver, olhando com mais ternura pros outros, pra mim.

“…tem me ganhado nos detalhes e aposto que nem desconfia…” Caio Fernando Abreu

Tenho achado viver de uma profundidade, que me nego a desperdiçar qualquer oportunidade, não quero companhias levianas, de corações frios ou superficiais. Tenho achado viver tão intenso que só existir pra mim é muito pouco, não quero passar despercebida, longe, fria. Não quero romances sem calafrios na espinha, não quero um verão inteiro longe do mar, nem uma vida sem brilho.

Me sinto renovada, meu coração, que por medo de sofrer se afastou do amor, amanhece dentro de cada novo sonho, de cada nova esperança, de toda nova possibilidade. E reconhece que viver assim sem toda essa paixão, sem todo esse amor é pequeno demais. Engraçado que meu coração aprendeu a amar mais a vida, os pequenos momentos e a simplicidade de cada pessoa quando se encontrou sozinho, quando olhou pra si e respirou a tranquilidade de se (re)descobrir. O que era essência ficou, esta aqui comigo, o que não era se foi e o que ainda não foi se despede sem grandes tormentos.

Anúncios
Artigo anterior
Deixe um comentário

1 Comentário

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

%d bloggers like this: