despertar

Repensando a vida, agradeço todas as dificuldades, todo o sofrimento, dores e coração partido. Agradeço a felicidade, os sorrisos, as trocas. Agradeço pela forma verdadeira com que eu pude viver os acontecimentos tivessem a outra parte sido ou não merecedora da energia, vibração, emoção ou carinho que trocávamos.

Eu agradeço o coração que tenho. Porque é através dele que eu sinto o mundo, que eu vejo as cores, que escuto a música, ou leio um livro. É meu coração quem fala através de mim, que escreve as minhas dores e felicidades. Obrigada Deus por um coração tão puro, cheio de esperanças e sentimentos. Agradeço por ter me dado fé o suficiente para não desistir, esperança suficiente para não mudá-lo. Meu coração não mudou. Ainda é o mesmo.

 “…depois de todas as tempestades e naufrágios, o que fica de mim e em mim é cada vez mais essencial e verdadeiro.” Caio Fernando Abreu

É o despertar depois de uma tempestade. Redescobrir um céu azul que cheira a recomeço. São emoções novinhas em folha. Um coração que apesar de ter cicatrizes continua acreditando. Ele (o coração) não mudou, eu não mudei. A vida apenas (re)começando…

 


“Um sorriso nos lábios e tudo bem!” Tati Bernardi

Anúncios
Artigo anterior
Artigo seguinte
Deixe um comentário

1 Comentário

  1. Melina Batista

     /  18 de Junho de 2011

    É bem como Marla de Queiroz fala: “Aceito e Agradeço”.
    Tudo tem um porquê e vem com um aprendizado!

    beeijos amiga

    Responder

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

%d bloggers like this: