um tempo

Estou dando um tempo. Me dando um tempo. Não é de agora que acordo com uma verdade e durmo com outra. Não é de hoje que tudo se mistura dentro de mim e se perde. Um tempo pra respirar, para aceitar, mudar se for possível. Quero respirar a leveza de um coração tranquilo, de um sorriso sem motivo, ou por pequenos motivos. A vida exige demais da gente. E não quero ser meu própio carrasco. 

“Há vida demais lá fora, bora?” Marla de Queiroz

Anúncios
Artigo anterior
Artigo seguinte
Deixe um comentário

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

%d bloggers like this: