Por que nunca desistimos do amor?

“Se amar dói tanto, por que continuamos ?” Tati Bernardi

Acho que cada um de nós, pelo menos uma vez pensou no amor, na magia e nas escolhas que ele nos oferece, mas também, quando se viu com o coração despedaçado cogitou a idéia de desistir, de dizer que jamais se entregaria da mesma forma, que agora tudo mudou. Cada vez que o número de tentativas furadas de encontrar o “final feliz” acontece, aumenta em nós aquela sensação de frustração, de desânimo.

“O amor dói porque nunca somos feridos por aqueles com quem não nos importamos. ” T.D. Jakes

Pensar em desistir é inevitável, porque temos em nós o instinto de auto-preservação. Quem em sã consciência sabendo que o fogo queima, e que naturalmente dói, voltará a colocar a mão nele? Ninguém escolhe se machucar, e podendo evitar, evita-se. A gente tenta preservar o coração longe dos perigos e é por isso que por algum tempo a gente evita se envolver de novo. É natural se esconder um tempo em casa, as vezes evita-se a casa, cada um inventa a sua fórmula de esconder-se da dor, porque no fundo no fundo ninguém a possui.

Mas e afinal, por que não desistimos? Por que a gente não consegue ser feliz com todas as outras coisas e sem amor? De fato a gente consegue, a gente consegue viver um tempo sem amor, mas depois desse tempo começamos a querer alguém ao lado. Sentimos falta do carinho, de ter alguém pra dividir os momentos, os sentimentos. A gente sente falta de se entregar sem medo, do reconhecer-se no coração e nos olhos do outro.

Não desistimos, porque em cada entrega, estamos afirmando a nós mesmos nossa vontade de que dessa vez seja verdadeiro, de que dessa vez seja pra sempre. A gente quer acreditar que o amor que vemos nos filmes existe sim. Nos entregamos sem mentiras, sem enganos porque queremos que dê certo. Abrimos a guarda, os sentimentos e de uma forma inteira vivemos o que queremos viver.

“A força mais poderosa do mundo é o amor.” Mike Murdok


“No final haverá alguém para acender a chama da sua alma e derreter o gelo que a dor formou no seu interior, e se olhar para o céu, se dará conta que restam milhões de estrelas e cada uma é um sonho por cumprir, ainda que algumas se apaguem, muitas apenas começaram à brilhar.” Dulce Maria




Obs.: Não sei quem tirou as fotos que usei nesse post, mas peguei elas nesse blog: http://laiist.tumblr.com/

Anúncios
Artigo anterior
Artigo seguinte
Deixe um comentário

4 comentários

  1. Melina Batista

     /  24 de Abril de 2011

    Que post mais lindo Mariii (:

    “…estam milhões de estrelas e cada uma é um sonho por cumprir, ainda que algumas se apaguem, muitas apenas começaram à brilhar.”

    AMEI!
    Vc escreve coisas lindas amiga!

    beijos

    Responder
  2. Carulina .

     /  26 de Abril de 2011

    Talvez porque nós temos a esperança de alcançar, um dia, o que merecemos! (: Adoreei isso aqui! Beeijo, Mari!

    Responder

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

%d bloggers like this: