Deixar ir

“Hoje estou convencida de que ninguém perde ninguém, porque ninguém possui ninguém… Essa é a verdadeira experiência de ser livre: ter a coisa mais importante do mundo sem possuí-la.” Paulo Coelho

Algumas vezes estamos tão apaixonados, tão imersos num sentimento, tão dependentes do amor de alguém que esquecemos que nunca tivemos de fato ninguém. Ninguém é propriedade de ninguém e nunca vai ser. A unica coisa que prende alguém a gente é a vontade de estar perto, de conhecer um ao outro, de compartilhar coisas e momentos especiais.

Quando alguém precisa de uma razão para estar com você ou não vê mais razão para continuar o melhor a se fazer é deixar ir. Acredite. Mas deixar ir da vida, da alma e do coração.

Seja forte, siga em frente, respire fundo, e perceba a importância de se ter braços vazios, pra que se possa ter espaço em si para abraçar o mundo.” Marla de Queiroz

Não há nada que se possa fazer com as mãos fechadas. Então é preciso abri-las e libertar mais do que pessoas, libertar os medos.  Corações que vivem relembrando o passado, estão mais do que se prendendo nele e se magoando, estão impossibilitando que o futuro chegue.

Já ouvi por ai que cada pessoa vem cumprir um papel em nossa vida. Talvez, depois disso, algumas delas precisem ir embora. Tem pessoas que ficam por mais tempo, outras por menos, e com sorte algumas ficam para sempre. Mas tenho certeza que sem dor, sem desespero, sem mágoas.

Então deixa o vento levar as coisas que não te pertencem, pra que você possa ver significado no futuro. Deixa a vida te surpreender, te guiar, te guardar.

“… deixa que as coisas se renovem, e que as perdas tenham mais de um sentido, que os vazios te ofereçam mais espaço, pra que a vida te compense com o impossível.” Marla de Queiroz

Plantando flores

Sei que muitas das coisas que nos acontecem são fruto do que plantamos pela vida e sei que muitas vezes é preciso coragem para enfrentar os desafios desta mesma vida. Por isso Deus, eu te oro tanto, e peço tanto e choro tanto. Não, eu não estou triste. É que minha fé não aprendeu a diminuir nas adversidades. Eu não consegui desistir das coisas que hoje são ditas impossíveis, e meu coração não conseguiu mudar e aceitar as coisas que hoje são ditas normais. 

“Eu sou antiga, desde nova eu sou antiga, eu vou ser antiga até ficar velhinha.” do filme Divã

Eu sou desse tipo bobinho que anda por ai e que ainda acredita em milagres, sabe como é? Que volta e meia esta quebrando a cara, mas que tem essa coisa dentro de si que não deixa de acreditar. Na vida, nos sonhos, nas pessoas. Eu nunca desisti do amor, mesmo com o coração despedaçado. Eu não consigo me envolver pela metade, nem usar as pessoas para superar as quedas da vida. Eu acredito nessa coisa de pra sempre, de feitos um para o outro, nessas cafonisses que a sociedade moderna diz que não existe mais. Digam o que disserem eu não vou aceitar menos do que eu sonhei pra mim por medo.

“Muitos têm aceitado menos que o melhor de Deus para eles simplesmente por causa da solidão” Mike Murdok 

E talvez, por isso, eu esteja por ai plantando flores pelo caminho, para que além dos espinhos eu consiga ver o desabrochar dos milagres da vida. Do transformar do tempo, e dos corações.

“Mesmo que algo tenha doído, ainda assim, eu falaria do amor de uma maneira cheia de gratidão.” Marla de Queiroz

Por que nunca desistimos do amor?

“Se amar dói tanto, por que continuamos ?” Tati Bernardi

Acho que cada um de nós, pelo menos uma vez pensou no amor, na magia e nas escolhas que ele nos oferece, mas também, quando se viu com o coração despedaçado cogitou a idéia de desistir, de dizer que jamais se entregaria da mesma forma, que agora tudo mudou. Cada vez que o número de tentativas furadas de encontrar o “final feliz” acontece, aumenta em nós aquela sensação de frustração, de desânimo.

“O amor dói porque nunca somos feridos por aqueles com quem não nos importamos. ” T.D. Jakes

Pensar em desistir é inevitável, porque temos em nós o instinto de auto-preservação. Quem em sã consciência sabendo que o fogo queima, e que naturalmente dói, voltará a colocar a mão nele? Ninguém escolhe se machucar, e podendo evitar, evita-se. A gente tenta preservar o coração longe dos perigos e é por isso que por algum tempo a gente evita se envolver de novo. É natural se esconder um tempo em casa, as vezes evita-se a casa, cada um inventa a sua fórmula de esconder-se da dor, porque no fundo no fundo ninguém a possui.

Mas e afinal, por que não desistimos? Por que a gente não consegue ser feliz com todas as outras coisas e sem amor? De fato a gente consegue, a gente consegue viver um tempo sem amor, mas depois desse tempo começamos a querer alguém ao lado. Sentimos falta do carinho, de ter alguém pra dividir os momentos, os sentimentos. A gente sente falta de se entregar sem medo, do reconhecer-se no coração e nos olhos do outro.

Não desistimos, porque em cada entrega, estamos afirmando a nós mesmos nossa vontade de que dessa vez seja verdadeiro, de que dessa vez seja pra sempre. A gente quer acreditar que o amor que vemos nos filmes existe sim. Nos entregamos sem mentiras, sem enganos porque queremos que dê certo. Abrimos a guarda, os sentimentos e de uma forma inteira vivemos o que queremos viver.

“A força mais poderosa do mundo é o amor.” Mike Murdok


“No final haverá alguém para acender a chama da sua alma e derreter o gelo que a dor formou no seu interior, e se olhar para o céu, se dará conta que restam milhões de estrelas e cada uma é um sonho por cumprir, ainda que algumas se apaguem, muitas apenas começaram à brilhar.” Dulce Maria




Obs.: Não sei quem tirou as fotos que usei nesse post, mas peguei elas nesse blog: http://laiist.tumblr.com/

Soprando a poeira

Eu decido hoje, abrir minha mão e soprar essa poeira velha que ficou. Porque a areia que, em vão, tentei guardar escapou por entre os dedos. Só restou o pó,  essa coisa velha, cansada. E não há nada que se possa fazer de mãos fechadas.

Eu estou abrindo minha mão e soprando esta poeira velha. Estou deixando essa coisa mágica chamada destino (o que dentro de mim mais acredito ser Deus) agir na minha vida. Estou reconhecendo que existe algo maior no controle, que existe um motivo, uma explicação, uma razão para as coisas serem como são.

Acredite você também.

É isso ai…

arquivo pessoal

Nada mais certo do que o que dizem por ai de que tudo tem seu tempo certo, de que as coisas se chegam até você no momento que tem que chegar e não adianta querer apressar as coisas, pular as etapas.  E Deus nos diz isso através da Bíblia em Eclesiastes capítulo 3 versículo 1 Tudo tem o seu tempo determinado, e há tempo para todo o propósito debaixo do céu”.

É como se da noite pro dia desse aquele estalo, a ficha cai, a cabeça se abre, a mente entende. Puft. T-U-D-O passa a fazer sentido. Então amiga, queria dizer que não adianta querer remar contra a maré, dar um passo maior que a perna. Sofrimento também trás crescimento. Por isso se está em uma época triste aceite-a, não adianta fingir que nada está acontecendo porque você sabe que está. Não adianta a gente correr atrás de um namorado porque é ai que ele nunca chega. Seria cômico se não fosse trágico não é? rsrsrs Temos que aceitar as etapas da vida. Se estamos sós, este momento trará algum aprendizado.

“Sua experiência com o vazio prepara-o para o preenchimento.” Mike Murdok

Aceite esta verdade. Olhe para você, dedique tempo para conhecer quem é esse ser tão especial que vive dentro de você, faça uma amizade consigo mesma. Descubra seus princípios, o que acha que é certo e o que é errado. Escreva e guarde para que não se permita esquecer nunca deles, para que ninguém tenha a chance de convencer você do contrário. ESSA É QUEM VOCÊ É. Só aceite mudar se for para melhor, se for para você. Não aceite mudar para ser aceita, para caber nas expectativas de alguém, as pessoas nunca sabem o que querem e mais cedo ou tarde vão pedir para que você mude de novo.

Já disse Shakespear que “se você não sabe para onde está indo, qualquer caminho serve. .” 

Não aceite ir a qualquer lugar, não aceite qualquer pessoa na sua vida. Saiba o que você quer! Mas se isso acontecer em algum momento da sua vida, se você estiver perdida e aceitar ir a qualquer lugar, faça-o para se conhecer para dizer depois de algum tempo “já estive lá e não gostei”.

Mas olhe pra frente veja o futuro lindo que tem diante de você. Se aceite e se ame, assim você irradiará uma luz e coisas boas vão vim em sua direção.

“O que é seu encontrará um caminho pra chegar até você.”

Ditado Chinês

A-C-R-E-D-I-T-E !!!

De volta as publicações.

Inspirada por http://chicleterosa.wordpress.com/ resolvi voltar a postar por aqui. O que vou escrever é que ainda não decidi, já que como eu também compartilhei com minha amiga do Rosa Chiclete o assunto antigo dos posts do Blog não existe mais. O que é bom (creio eu).

De inicio tudo mudou, estou de férias, um pouco forçadas, do trabalho. Já que terminei meu último estágio e em vésperas da formatura ainda não consegui um emprego. Larguei a academia e as corridas. A faculdade só vou duas no máximo três vezes na semana. O ritmo da minha semana mudou de muito acelerado para quase parando. Talvez isso mesmo que fez com que eu me voltasse ao blog mais uma vez. kkkkk Essa ociosidade. kkkkk

Estou pensando em trabalho voluntário para mudar um pouco essa minha rotina e tirar os meu problemas (se é que tenho né) de foco e pensar em outras pessoas. Mas falo disso depois.

O importante é que estou de volta não é? Espero ter criatividade (e assunto) para esta volta.

Beijos